terça-feira, 4 de dezembro de 2007

E as outras doenças?

Conforme se pode comprovar no infográfico anterior, os números da AIDS na África são alarmantes!
Mas existem muitas outras causas de mortes precoces que transformam a situação da saúde na África em fator altamente preocupante para a ONU. Altos índices de mortalidade por doenças contagiosas, por complicações decorrentes do parto, ... Dezenas de milhares de pessoas morreram nos últimos dois anos vítimas da seca e da escassez de comida, principalmente na Zâmbia, Moçambique, Malauí e Zimbábue.
A malária se alastra de forma epidêmica e o continente ainda concentra 90% dos casos clínicos registrados no mundo.
Nos útimos anos se obteve algum progresso com a redução de 50% dos casos de sarampo e de pólio.
Ainda existem grupos étnicos específicos que são acometidos de doenças características como por exemplo, os pigmeus que são acometidos de uma elevada incidência de anemia falciforme. Os pigmeus são encontrados em toda África Central,e a tribo mais conhecida é a Mbuti da floresta tropical Ituri na República Democrática do Congo.
A educação também está na beira de um precipício em países como Lesoto, Malauí, Zimbábue e Zâmbia, onde a falência da educação se deve à morte dos professores pela AIDS e outros estam doentes e afastados da escola. As crianças, principalmente as meninas, deixaram de ir à escola para cuidar dos pais doentes, e garotos que perderam os pais deixam de estudar. A Zâmbia perdeu 1.967 professores em 2001, mais de dois mil no ano seguinte. Em algumas áreas de Malauí, mais de 30% dos professores têm HIV positivo. Como a educação pode se manter em pé? Com problemas no ensino, o papel da educação na luta contra o HIV fica comprometido, o que produz um círculo vicioso.

Agora que V. já sabe um pouco mais a respeito da situação da saúde pública na África, tente resolver o exercício que está aqui.

4 comentários:

daniela e camila disse...

Eu achei muito inportante pois isso é uma realidade no mundo.Muitas pessoas naõ aceitam á doença.

Elaine e Gilmara disse...

Elaine Pereira Conceicao e Gilmara dos Santos Silva

Nós achamos esse blog muito interesante pois está passando a realidade da África. Falando sobre as doenças,que cresce cada vez mais,e com esse blog vamos conseguir muitos comentários sobre o assunto.Talvez assim possamos acabar com o preconceito que existe nesse país.

Fernando e Juliana disse...

Fernando Conceição Avilino
Juliana Santos de Jesus


Nós achamos muito interessante o projeto sobre a África, que sempre foi um dos países mais pobres financeiramente, mas muito rico em cultura e mais descriminado por sua raça.
Sua cultura é muito valorizada em vários países, tais como o Brsil, Autralia e Europa.

ismailson 7ª B vespertino disse...

ai,vem dizendo a importancia de os alunos estudarem e não brincarem ai, disse que no país Zimbábue as crianças deixaram de estudar porque os seus pais ficaram doentes e eles tiveram de parar de estudar por isso nesse pais á educaçao é muito baixa .
Então alunos vocês com essas explicaçoes não devem parar de brincar e começar a estudar ?